Presidente da APPSIQ receberá Diploma de Mérito Ético-Profissional do CRM-PR

Presidente da APPSIQ receberá Diploma de Mérito Ético-Profissional do CRM-PR

Publicado em:  04/07/2018

Um dos pioneiros da Psiquiatria no Estado, Dr. Osmar Ratzke receberá homenagem por completar 50 anos de formado com histórico exemplar, sem qualquer sanção ética.

A tradicional solenidade do Dia do Médico do Conselho Regional de Medicina do Paraná terá este ano número recorde de médicos distinguidos com o Diploma de Mérito Ético-Profissional e o Símbolo da Medicina em Cristal. Somam 99 os homenageados, em sua maioria com atuação em Curitiba e outras cidades-polos paranaenses ‑ como Londrina, Maringá e Cascavel ‑, sendo que muitos deles foram ou são professores. Em 2017, 67 profissionais receberam as comendas ao completarem 50 anos de formados com histórico exemplar, sem qualquer sanção ética.

A cerimônia de diplomação está agendada para a noite de 1.º de outubro, no pequeno auditório da Universidade Positivo (bloco 8), em Curitiba. A comissão organizadora do evento está iniciando o contato com os homenageados e seus familiares para confirmação de presença. Como é tradição, filhos e cônjuges médicos fazem a entrega das comendas. Para os demais, a entrega é efetuada pelos conselheiros do CRM-PR. Neste ano, sete mulheres integram a relação de médicos que alcançam o Jubileu de Ouro.

A grande maioria dos homenageados (62) formou-se em 1968 pela Universidade Federal do Paraná. Outros 15 tiveram graduação pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Os demais procedem de outras escolas médicas brasileiras, à exceção do cirurgião cardiovascular Luis Eduardo Saiz, natural da Argentina e que se formou pela Universidade Nacional de Cuyo. Ele, que atua em Rolândia, revalidou seu diploma pela UEL e se inscreveu no Conselho do Paraná em setembro de 1981.

O rol de homenageados inclui diversas lideranças de instituições médicas, dentre elas o Prof. Osmar Ratzke, ex-conselheiro do CRM-PR e atual presidente da Associação Paranaense de Psiquiatria (Appsiq). Ele tem um filho médico, também psiquiatra. O ortopedista José Francisco Schiavon, que já dirigiu a Fehospar, Sindipar e a Associação dos Hospitais do Paraná, tem quatro filhos médicos, todos seguindo seus passos na especialidade. O pediatra Kemel Jorge Chammas e o psiquiatra Mario Massaru já foram diretores da Regional do Conselho de Medicina em Maringá. O primeiro, ainda, foi diretor da Sociedade Médica local, a exemplo do Dr. Minao Okawa, especialista em cirurgia-geral e com área de atuação em cirurgia oncológica, endoscopia digestiva e gastroenterologia. O neurocirurgião Takaaki Yonekura, colega do Dr. Minao no Hospital São Francisco, de Maringá, também será homenageado.

A relação de diplomados neste ano pelo Jubileu de Ouro inclui vários professores de cursos médicos, dentre eles os Drs. Osvaldo Malafaia, Miguel Carlos Riella, Alceu Correia, Angela Sara Jamusse de Brito, Antonio Carlos Boaretti, Fernando Costa, Edgard D’Avila Niclewivz, José Carlos dos Santos Guitti, José Geraldo Lopes de Noronha, José Roberto de Toledo, Sérgio Araquem Matos Ferreira, Winston Antonio Bastos, Yoshihiro Fujii e Nelson Otsuka, que é filho do primeiro imigrante japonês a se formar em Medicina no Paraná. Também compõe o grupo de homenageados o Dr. José Cândido Muricy, que é bisneto do Dr. José Candido da Silva Muricy, o primeiro médico da cidade de Curitiba, nomeado pelo Imperador D. Pedro II e idealizador e construtor da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba.

O Conselho de Medicina está iniciando os preparativos da solenidade, o que inclui o contato inicial com os médicos que completaram o Jubileu de Ouro e seus familiares para, além do convite oficial, confirmar dados pessoais e profissionais e também para coleta de fotos históricas. As imagens vão ilustrar publicação especial do CRM-PR e também serão exibidas em telão no local da cerimônia festiva. 

Fonte: site do CRM-PR: http://www.crmpr.org.br



<< Voltar